Review de Filmes: Poder Paranormal


A “luta” entre ceticismo e fé vem rendendo, ao longo dos anos, no cinema, bons projetos. Filmes como A Chave Mestra (de Lain Softley), O Exorcismo de Emily Rose (de Scott Derrickson) e o Último Exorcismo (de Daniel Stamm) são bons exemplos (este últimonem tanto) de histórias que nos levam a questionar nossas crenças e descrenças. Será que coisas como demônios e poderes paranormais, coisas sobrenaturais, são reais ou não passam de puro charlatanismo oportunista usado para arrancar dinheiro e admiração de pessoas inocentes?

Poder Paranormal (Red Ligths, EUA, 2012), dirigido por Rodrigo Cortés (Enterrado), aborda o tema da paranormalidade através de duas óticas óbvias, porém bem distintas. De um lado temos os céticos que estão a todo o momento em busca de provas que provem que isto ou aquilo é improvável. Do outro lado temos os crentes em busca de curas, bênçãos e paz para seus espíritos cansados.

Margaret Matheson e Tom Buckley, interpretados por Sigourney Weaver (Avatar) e Cillian Muprhy (Extermínio) respectivamente, são doutores/professores universitários que em suas horas vagas desmascaram falsos paranormais para o bem da humanidade. Matheson é uma mulher madura e durona que tem um filho jovem em coma em um leito de hospital, vítima de um acidente quando tinha quatro anos. Buckley é um jovem físico que acompanha Margaret, como um fiel escudeiro, em suas aventuras “sobrenaturais”. Namora uma das alunas da companheira de trabalho e perdeu a mãe ainda jovem vítima de um câncer. A partir desse momento a gente passa crer que todo “incrédulo” carrega alguma cruz que o deixa amargo: um filho em estado vegetativo, o fantasma de uma mãe doente e por ai vai.

Robert De Niro (Taxi Driver) é Simon Silver, talvez o paranormal mais famoso e poderoso do mundo que depois de trinta anos no ostracismo, volta à ativa. Silver viaja pelo mundo com um espetáculo desses onde paraplégicos voltam a andar e cegos a enxergar. Quando jovens Simon e Margaret tiveram um embate do qual a doutora saiu “ferida” e isso a impede de confrontá-lo novamente, porém a idéia de perder a chance de desmascarar o grande astro, perturba Tom que decide enfrentar Silver sem a ajuda da companheira. É ai que os problemas começam.

O elenco de Poder Paranormal realmente chama atenção, porém as personagens são inconsistentes e não transmitem a força necessária para um filme que aborda um tema tão complexo. Os conflitos, muitas vezes forçados, se tornam artificiais reforçados por diálogos secos e pouco esclarecedores (a desculpa é que o melhor fica para o final). Tanto De Niro como Muprhy não conseguem dar a vida necessária aos seus papéis o que acaba transformando Silver e Buckley em caricaturas do que deveriam ser. Num dado momento do filme, Tom é atacado, num banheiro, por homem que tenta matá-lo, o que gera uma cena luta
com sérios problemas de continuidade (Pra onde foi todo aquele sangue?).

Num dos poucos pontos autos do filme, Matheson mostra como os falsos paranormais conseguem, antes dos espetáculos, as informações (nome, idade, problema…) sobre as pessoas que vão assisti-los. A gente consegue sentir raiva desses caras. O fim é realmente surpreendente, porém desagradável e nos deixa com aquela cara de que “isso não deveria ser assim”.

Trailer do filme:

Poder Paranormal vale pela idéia, mas deixa claro que nomes de ponta em um elenco não são o suficiente para um bom filme.

2 sabres de luz de recomendação!

Anúncios

Tags:, , , , , , , ,

Categorias: filmes, Review de Filmes

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Review de Filmes: Poder Paranormal”

  1. 02/10/2012 às 14:27 #

    Bom review Helton. Esse tipo de filme sempre me chama atenção, mas dessa vez vou passar longe pq tem várias outras coisas interessantes para assistir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: