Fora de Circuito: “Remains(2011)”


Sempre gostei de filmes de zumbi. E quando digo sempre, é sempre mesmo. Um dos meus preferidos é  “A volta dos mortos-vivos(1985)”( The Return of the Living Dead), o qual tem uma música tema memorável. Outro que adoro é a refilmagem da obra prima do George Romero: “A noite dos mortos-vivos(1990)”.

Durante muito tempo fiquei órfão dos filmes sobre zumbis e rezei para que algum dia os mortos-vivos voltassem a ocupar as telas do cinema. Em 2004 minhas preces foram ouvidas e outra obra de George Romero foi refilmada: “Madrugadas dos mortos”. Havia anos que eu não assistia a um filme do tipo com  maquiagem e personificação de zumbis tão bem feitas.  A partir desse momento começou uma retomada e uma popularização dos mortos errantes. Da mesma forma que surgiram coisas ótimas como a trilogia “REC”, “The Walking Dead”, “Extermínio I e II” e “Dead set”; surgiram vários lixos pegando carona na onda do momento, como por exemplos, filmes de comédia-zumbi ou pseudos “trash-zombie”. Mesmo assim ainda me arrisco a assistir algumas obras desconhecidas, garimpando algo que satisfaça meu gosto.

O último filme a que assisti foi “Remains(2011)”, de Steve Niles, o mesmo criador de “30 dias de noite”.  A história gira em torno de um grupo de sobreviventes de Reno que após uma explosão, a qual contamina a maior parte da população, tentam lhe dar com a nova situação: mortos-vivos. Não chega a ser uma grande produção, está mais para um filme do canal Sci-Fic, entretanto possui os elementos essenciais do gênero:

  • muitos zumbis;
  • sobreviventes encurralados;
  • sobreviventes X zumbis;
  • sobreviventes X outro sobreviventes;
  • sustos inesperados.

Diferentes dos outros filmes, “Remains” tem peculiaridades em relação a seus zumbis. Pela primeira vez vi mortos-vivos dormindo à noite, em pé, como se estivessem em transe.  Depois de um tempo sem comida, os zumbis começam a comer uns aos outros. Mesmo com suas esquisitices e com falhas de continuação e roteiro, resolvi falar sobre o filme pelas várias vezes que pulei na poltrona, chutei o vazio no ar – torcendo para que algum personagem não se deixasse morder na perna, e por atender aos elementos básicos que citei acima.

Vale  3 miolos estouradas!

Por fim, para aqueles que gostam dos comedores de carne e víceras, aqui vai o mais novo trailer do “Word war Z(2013)”. Por ora, tem tudo para se tornar um épico dos filmes de zumbi.

Anúncios

Tags:, , ,

Categorias: filmes, Fora de Circuito

Autor:Claudio Luiz

Desenhista industrial,professor, motociclista/motoqueiro e “maker”.

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: